segunda-feira, 5 de março de 2012


“ E vejam-te meus olhos, pois deles és a luz,
 e para ti somente os quero ter.”

 “A luz sobrenatural dos olhos da alma, sem a qual permanece em trevas, é Deus; mas aqui a alma o chama luz de seus olhos, por encarecimento de amor, assim como costuma fazer quem muito ama a pessoa amada, a fim de declarar-lhe sua afeição.” 

(São João da Cruz, Cântico 10,8)

Postar um comentário