terça-feira, 3 de maio de 2016

Ele é o Amor eterno!

«Se a criação te fala
e nela tu vês o poder [de Deus],
por outro lado, eu digo-te:
porque fixar o olhar aqui em baixo
e não o elevar ao Criador?
Que o teu olhar esteja voltado sempre para o alto
e só lá encontrarás alguma coisa
que detém qualquer outro pensamento,
e a alma, fixando aquele misterioso véu azul,
que encobre aos mortais a felicidade,
sente pujante a necessidade de se sacrificar
e até de derramar lágrimas, para o atingir:
não concordas?»

Beata Elias de S. Clemente | 1901 - 1927

Carta 24. 12-11-1922.
Postar um comentário