sexta-feira, 30 de novembro de 2012

De um vocacionado...


כרמו
Carmo

Estive esses dias pensando e pesquisando no significado do nome CARMELO, para aqueles que se aproximam desse lugar comum de encontro com Deus na experiência dos Profetas Elias e Eliseu, tudo parece novidade, e as vezes confesso, ainda corremos o risco de uma certa “euforia” pouco sedimentada. KARM no dicionário da editora Sinodal quer dizer VINHA, e o sufixo “EL” Senhor.
No monte Carmelo o profeta Elias provou que o Senhor Deus de Israel era o soberano do mundo e dos homens, sendo assim um Deus ciumento que zela pelo amor de seus filhos. Conta a tradição que alguns eremitas seguidores do profeta Elias esperavam a vinda do messias junto ao Monte Carmelo, próximo a costa mediterrânea de Israel. Esse mesmo grupo, após a vinda do Cristo receberia o escapulário da própria Virgem Maria por São Simão Stock.
A vinha do Senhor será o lugar privilegiado de encontro com Deus, subir o monte CARMELO é ainda hoje uma tarefa difícil, uma vez que subimos não apenas no aspecto físico, mas realizamos uma subida espiritual de amor ao encontro do Deus que nos ama e guarda cada um de nós com zelo inigualável, “se consumia de zelo pelo Senhor dos Exércitos” (cf. 1Rs 19,10). Enfim podemos concluir que o monte Carmelo muito mais que um lugar físico, é o espaço privilegiado de encontro com Deus manisfesto em Jesus de Nazaré. Boa subida a todos os iniciantes...

Thiago Nascimento

"As pessoas podem duvidar do que você diz, mas elas acreditarão no que você faz."
 (Lewis Cass) 


Postar um comentário