segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Novena de Santa Teresinha (Primeiro dia)

1O  dia: ABANDONO FILIAL


«Deus espera que nós O amemos
como crianças
[e] que nos deixemos amar
como crianças muito pequeninas.»

Venerável Pe. Maria-Eugénio do Menino Jesus | 1894 - 1967
O Teu amor cresceu comigo, p. 168

Senhor que dissestes:
“quem não se tornar como uma criança
não pode entrar no Reino dos Céus”,
ensina-me a ser criança para Te amar como Tu gostas de ser amado
e ensina-me a ser ainda mais pequenino, se possível,
para me deixar amar.
Amar-Te como uma criança
é amar-Te sem medos,
com uma confiança e um abandono filial aos Teus braços.
Deixar-me amar como uma criancinha
é não pôr nenhuma resistência à Tua graça,
que queres derramar sobre mim em abundância.
Que Tu cresças sempre mais em mim e eu diminua!
É o segredo da felicidade.
Ajuda-me, Senhor!

Oração:
“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os favores e graças com que enriquecestes a alma de vossa Serva Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para a salvação de minha alma. Amém”.

Glória ao Pai:
“Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre. Amém”.

Jaculatória:

“Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!”
Postar um comentário