sexta-feira, 29 de agosto de 2014

«Ó Jesus!
Se eu pudesse dizer a todas as pequenas almas
quão inefável é a Tua condescendência!...
Sinto que, se por um impossível,
encontrasses uma alma mais débil,
mais fraca do que a minha,
deleitar-Te-ias a cumulá-la de favores ainda maiores,
se ela se abandonasse com inteira confiança
à Tua misericórdia infinita.»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897

Manuscrito A,5vº
Postar um comentário