segunda-feira, 30 de junho de 2014

em Deus...

«Não experimentais diariamente a verdade deste pensamento:
“Não sois já hóspedes ou estrangeiros,
mas antes da Cidade dos santos
e da Casa de Deus”?
Mas, para que se viva assim além do véu,
como é preciso estar-se fechado a todas as coisas cá de baixo!
O Mestre apressa-me para me separar de tudo o que não é Ele
- esta palavra diz-me tanto.»

Beata Elisabete da Trindade | 1880 - 1906
Carta 250



Postar um comentário