sexta-feira, 27 de junho de 2014

AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
(Teresa do Menino Jesus - Poesia 23, 5)

"Tu me escutaste, Amigo único que amo,
Tornando-Te mortal para me conquistar;
Derramaste Teu sangue, mistério supremo!...
E todavia vives para mim no Altar.
Se não posso ver o brilho de Tua Face,
Ouvir Tua voz de plena mansidão,
Posso, ó Deus, viver de Tua Graça,
Posso repousar em Teu Sagrado Coração".
Postar um comentário