domingo, 29 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - VIII dia

Irmãos e Irmãs, já estamos no 8º dia de nossa Novena em honra a nossa querida Santinha. Como nos têm feito companhia desde o início a sua presença e seu carinho.
Na história da Igreja muitas foram as figuras de homens e mulheres Santos(as) que nos deram exemplo de fé e de misericórdia; com Santa Teresinha não foi e não é diferente: ela nos ensina o caminho do abandono, da fé envolvida de amor, no crer sem reservas.

Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:


Santa Teresinha, “como mestra, transmite o que viveu e não o que estudou. Coloca-nos a par do que o Senhor anda fazendo nela e nos repete de muitas formas que a “fé não consiste em sentir, mas em crer”. As noites da fé em Santa Teresinha são a prova do que diz S. João da Cruz. Ela sabe que Deus existe, tem certeza do seu amor, mas não o sente. Em não sentir, ela fortalece sua fé e seu grande abandono. (...) Deus quer que o amemos embora vivamos em noite escura”.


“Gozava então de uma fé viva, tão clara, que o pensamento do céu fazia toda minha felicidade, não podia acreditar que houvesse ímpios que não tivessem fé. (MC 5rv)”
Postar um comentário