segunda-feira, 30 de setembro de 2013

"Não morro, entro na Vida".

A MORTE DE UMA SANTA
“Eu durmo, mas o meu coração vela”.

Hoje dia 30 de setembro celebramos o trânsito de Santa Teresinha. Eis o testemunho que temos sobre os últimos momentos de Teresinha: “No dia de sua morte, depois das Vésperas, fui à enfermaria onde a Serva de Deus sustentava com coragem invencível as últimas lutas da agonia, a mais terrível. Suas mãos estavam arroxeadas; ela as juntava com angústia e exclamava com uma voz que a violência da dor tornava clara e forte: “Oh! Meu Deus! Tende piedade de mim!... Oh! Maria! Vinde em meu auxílio!... Meu Deus... como eu sofro!... o cálice está cheio... cheio até as bordas!... jamais saberei morrer!... “- Coragem, disse-lhe nossa Madre, você chegou ao termo; 
um pouco mais e tudo estará acabado!”
“ – Não, nossa Madre, não é ainda o fim... eu o sinto... vou ainda sofrer assim, talvez,  por meses”. “ – E se essa for a vontade de Deus, deixá-la mais tempo sobre a cruz, falou nossa Madre, você aceitaria?” Com um acento de heroísmo extraordinário ela disse: “Eu aceito!”. Sua cabeça caiu sobre o travesseiro com um ar tão calmo, tão resignado que não pudemos conter as lágrimas... Deixei a enfermaria não tendo coragem de suportar por mais tempo esse espetáculo tão doloroso. Só voltei com a comunidade nos últimos momentos e fui testemunha de seu belo e demorado olhar extático no momento em que ela morre, pelas 7 horas da noite, quinta-feira, dia 30 de setembro de 1897.

Vivência Vocacional em São Roque (27-29 de setembro)

Final de semana abençoado com a Vivência Vocacional em São Roque.
Frades Carmelitas Descalços - Província São José/ Brasil.
Aos 20 jovens que estiveram conosco, Deus os abençoe sempre.

"Virgem Maria, Senhora do Carmo,
mãe e irmã dos Carmelitas,
ensina-nos a responder um Sim generoso,
perseverante e fiel,
que brote das profundezas
de um coração que acolhe e busca
em tudo fazer a vontade do Pai".

Amém

Novena em honra a Santa Teresinha - IX dia

Enfim chegamos ao último dia de nossa Novena em honra a nossa querida Santa Teresinha do Menino Jesus. O que nos encanta é que em nenhum destes dias ela nos deixou desamparados, mesmo que tenha ficado em silêncio. Que ela derrame sobre todos uma "chuva de rosas"!

Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:
 “Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:

Simplicidade
 "A simplicidade de Teresinha é um transbordar do que se passa dentro dela. É nascente de água viva, é certeza de amor e dom de si mesma. A simplicidade é dom destinado a poucos. S. João da Cruz nos diz que Deus é simplicíssimo. Temos a mania de complicar tudo. Voltar ao simples é penetrar no mistério do amor de Deus para conosco."


"Às almas simples não são necessários meios complicados; como sou desse número, uma manhã, durante minha ação de graça, Jesus me deu um meio simples de cumprir minha missão." (MC 33v - Santa Terezinha de A a Z)

domingo, 29 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - VIII dia

Irmãos e Irmãs, já estamos no 8º dia de nossa Novena em honra a nossa querida Santinha. Como nos têm feito companhia desde o início a sua presença e seu carinho.
Na história da Igreja muitas foram as figuras de homens e mulheres Santos(as) que nos deram exemplo de fé e de misericórdia; com Santa Teresinha não foi e não é diferente: ela nos ensina o caminho do abandono, da fé envolvida de amor, no crer sem reservas.

Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:


Santa Teresinha, “como mestra, transmite o que viveu e não o que estudou. Coloca-nos a par do que o Senhor anda fazendo nela e nos repete de muitas formas que a “fé não consiste em sentir, mas em crer”. As noites da fé em Santa Teresinha são a prova do que diz S. João da Cruz. Ela sabe que Deus existe, tem certeza do seu amor, mas não o sente. Em não sentir, ela fortalece sua fé e seu grande abandono. (...) Deus quer que o amemos embora vivamos em noite escura”.


“Gozava então de uma fé viva, tão clara, que o pensamento do céu fazia toda minha felicidade, não podia acreditar que houvesse ímpios que não tivessem fé. (MC 5rv)”

sábado, 28 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - VII dia

Irmãos e Irmãs, nosso lugar é o Céu! Porém como ainda não chegamos nele, procuremos vivê-lo "fazendo o bem sobre a terra" como o viveu nossa querida Santa Teresinha. Procuremos viver este exílio como se jamais o existisse, pois Deus se antecipa e nos faz experimentar Céu na Eucaristia.

Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:

Exílio

“(...) Santa Teresinha tem uma visão da vida como um exílio sobre a terra. Sente-se em exílio não porque não ama a vida, mas porque está de passagem, a caminho para uma terra nova e prometida. Exilado é quem está fora da Pátria. Assim, nossa Pátria definitiva é o céu. Até estarmos no céu, estamos em exílio. (...) Com Santa Teresinha caminhamos na busca de Deus, na procura do céu, no sentido definitivo da vida. (...) temos que perceber a necessidade de não nos apegarmos ao que é passageiro, mas unir nosso coração ao que é definitivo: Deus.”

“Mas eu sei que a terra é o lugar de nosso exílio, somos viajantes caminhando para nossa pátria... (CT 148)”.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Video Vocacional Carmelo Descalço (+playlist)

Vídeo vocacional, no qual vamos dando a conhecer 
um pouco daquilo que experimentamos em Deus.

Novena em honra a Santa Teresinha - VI dia

Irmãos e Irmãs, já estamos no 6º dia de Novena; que nosso maior desejo seja fazer a Vontade de Deus, aplicando nelas muito amor.
Sim - diz Santa Teresinha - "sei que Jesus não pode desejar para nós sofrimentos inúteis e que não me inspiraria os desejos que sinto se Ele não quisesse realizá-los."
Que nosso desejo seja amá-Lo e fazê-Lo Amado!
Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:
“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:

Desejos
“Era necessário que uma monja descalça, uma menina que Deus amou como a pupila dos seus olhos, viesse nos lembrar que Deus se contenta dos nosso desejos. Nada há de mais belo e consolador que saber disso. Na verdade, vivemos envolvidos em desejos e caminhamos na busca de sua realização. Não desejos estéreis, mas frutos de esforço e luta para que passem de sonho à realidade.” Em uma só palavra: é querer desejar o desejo de Deus!

“Não é o bastante dar a alguém que me pede, é preciso ir além dos desejos, mostrar-se muito serviçal, e muito feliz em prestar serviços.”

(MC 31v – Santa Terezinha de A a Z)

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - V dia

Trilhar o caminho da vida religiosa é deixar-se guiar com confiança pelo próprio Deus! Quantas vezes nos esquecemos de que Ele vai à nossa frente, preparando o caminho, nos protegendo e nos formando. Façamo-nos criancinhas e nos joguemos aos braços do nosso “Papai” com confiança filial.
Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos. (Mt 22, 14)

NOVENA:
 “Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:

Confiança
 “Santa Teresinha é uma alma ousada. Tem grandes ideias, vive de ideias, e ela mesma se maravilha como podem surgir em seu coração tão pobre e pequeno. É próprio da confiança sonhar: ela sonha ser sacerdote, mártir, missionária.

“Se você tivesse podido ler no meu coração, teria visto nele uma grande confiança; creio que fiz o que o bom Deus queria de mim, agora só me resta rezar” (CT 36).

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - IV dia

“Jesus não veio trazer muitos mandamentos novos. É apenas um que ele repete de tantas maneiras e aspectos: O AMOR.”
Neste quarto dia de Novena em honra a Santa Teresinha, peçamos a sua ajuda para vivermos e agirmos como ela, sendo fiéis às pequeninas coisas do dia a dia, depositando nelas amor e caridade.

Como Santa Teresinha rezemos pelos sacerdotes e pelas vocações. “Porque muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos.” (Mt 22, 14)

NOVENA:
 “Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”

(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:
 Caridade
 “A caridade é verdadeira quando não espera nada em troca, quando é gratuita, quando ama esquecendo a própria felicidade e pensando na felicidade dos outros. Nós somos felizes fazendo os outros felizes.”
“Jesus se faz pobre a fim de que lhe possamos fazer caridade. Ele nos estende a mão como um mendigo a fim de que no dia radioso do juízo, quando aparecer na sua glória, possa nos fazer ouvir estas doces palavras: Vinde benditos de meu Pai, porque tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber.”

(C 145 – Santa Terezinha de A a Z)

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - III dia

Não nos esqueçamos da intenção principal: as Vocações!
“A vinha é grande, mas os operários são poucos”.

NOVENA:
 “Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:

Brinquedo
 “É muito conhecida à imagem teresiana do “ser brinquedo” de Jesus. Esta frase, por sua vez, (...) na vida da pequena Teresa assume um sentido todo especial. É sinônimo de entrega, abandono e confiança plenas nas mãos do Senhor que pode fazer dela “o que quiser, como quiser e quando quiser.”

“Faz um pouco de tempo que me ofereci ao Menino Jesus para ser o seu brinquedinho. Dissera-lhe para não se servir de mim como brinquedo de valor, que as crianças se contentam em olhar sem ousar tocá-lo, mas como de uma bolinha sem nenhum valor que podia ser jogar no chão, pisar com o pé, deixar num canto, ou então apertá-la no seu coração.” (MA 64r – Santa Teresinha de A a Z)

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Novena em honra a Santa Teresinha - II dia

NOVENA:
 “Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”

(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso.)

TEXTO MEDITATIVO:
 Amor

“A palavra “amor” é umas das mais usadas por Sta. Teresinha. Muito mais que palavra, ela sobe vivenciar o amor nos mínimos pormenores; (..) não um amor passivo, mas dinâmico, feito de doação e gestos. Em cada situação sentia a presença viva do Senhor.” Perguntado-se sobre sua vocação, como por inspiração divina encontra sua resposta: “a minha vocação é o Amor”. “Compreendi que sem amor todas as obras são nada, mesmo as mais brilhantes, como ressuscitar os mortos ou converter os povos.”

domingo, 22 de setembro de 2013

Novena em Honra a Santa Teresinha


Irmãos e Irmãs, com a graça de Deus iniciamos neste dia a Novena das Rosas de Santa Teresinha, confiando de que através desta “pequena via” consigamos segundo a vontade de Deus as graças que necessitamos.

Para início de Novena não nos esqueçamos da intenção principal: as Vocações!
“A messe é grande, mas os operários são poucos”.

NOVENA:
“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de muitas almas.”
(Rezar em seguida os 24 Glórias ao Pai, podendo acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”. Ao final rezar uma Ave-Maria e um Pai Nosso).

TEXTO MEDITATIVO:
Abandono
“Santa Teresinha é conhecida como a santa do abandono. Ela soube confiar plenamente no Senhor, mesmo nos momentos difíceis de sua vida.”

“Jesus não pede grandes ações, mas somente o abandono e a gratidão. (...) Eis tudo o que Jesus nos pede; Ele não tem necessidade de nossas obras, mas somente de nosso amor.” (Santa Terezinha de A a Z).

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

MEU CORAÇÃO E CARMELITA DESCALÇO

Os Irmãos Descalços da Bem Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo pertencem a uma família religiosa, que, inserida no Povo de Deus e enriquecida com um Carisma próprio, desempenha uma particular missão no Corpo Místico de Cristo.


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

SANTA TERESINHA E A ÁGUIA

Nos escritos de Santa Teresinha, o sentido simbólico da águia na vida espiritual aparece com toda a clareza, quando ela se compara com o passarinho. No fundo, a comparação é entre as grandes almas e as pequenas, ou seja, entre os grandes santos e a pobre Teresinha. "Eu me considero como um fraco passarinho coberto somente com uma leve plumagem, não sou uma águia, dela tenho simplesmente os olhos e o coração, pois, apesar da minha pequenez extrema, ouso fixar o Sol Divino, o Sol do Amor e meu coração sente Nele todas as aspirações da Águia”. (MB. 4v).


EM SINTONIA COM O AMADO

Deus nos convida a cada dia a estarmos sintonizados com Ele. Sintonizar significa estar na mesma freqüência, na mesma onda, numa mesma comunhão de projetos. Durante nossa vida podemos nos sintonizar com muitas coisas e pessoas e até mesmo a realidades antagônicas. Porém, precisamos refletir se aquilo que elegemos, nossas escolhas e sonhos está em harmonia com o projeto de Deus para nós. Desenvolvendo a capacidade de ouvir o mundo externo e, principalmente o mundo interior, ouvir o som que vem do coração, podemos caminhar para a totalidade da nossa existência. Vocação envolve toda a vida: é alimentar sonhos, construir projetos. É desejo sempre crescente de servir aos outros, sentir-se útil e realizado no mundo. A inquietação que surge com todo e qualquer tipo de chamado é própria do movimento interior de doação, de querer colocar a serviço os dons e capacidades que possuímos.

Na juventude é o momento especial para escutar os apelos e fazer escolhas, por ser também o momento em que mais surgem dúvidas, angústias e questionamentos: que caminho trilhar, o que fazer?... É por isso que nesta hora é fundamental procurar uma orientação adequada. A incerteza estará sempre presente e aí está a beleza de uma vocação, refletida, discernida e escolhida no profundo do coração.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Um convite: Pequeno Caminho

Hoje, em meio a tantas "espiritualidades" complexas no seio da Igreja, que tendem a distanciar Deus da humanidade, aprendemos de Santa Teresinha uma grande lição. A você que deseja ser carmelita descalço, a você que já é, reafirmamos aqui o modo de ser de nossa Espiritualidade na Igreja. Não necessitamos extravagâncias; chegaremos a Deus pelo caminho da confiança, do abandono e do amor.


PEQUENA VIA

O Pequeno Caminho, ou Pequena Via, é a grande descoberta de Santa Teresinha. Ela trouxe ao mundo uma espiritualidade nova ao alcance de todos. Antes dela, a santidade era tarefa árdua destinada a poucos corajosos. Depois dela, chegar a Deus é caminho para todos. A vocação comum à santidade que o Concílio Vaticano II apresentou ao mundo de hoje já fora anunciada em Santa Teresinha. Um caminho breve, reto e fácil: o caminho do Amor, do Abandono e da Confiança.

"Nossa Regra é a Palavra de Deus"

SANTO ALBERTO DE JERUSALÉM: Legislador de Nossa Ordem

Alberto nasceu na diocese de Parma, Itália, no ano de 1149. Ingressou na Ordem da Santa Cruz, onde em breve tempo se tornou superior Geral. Foi nomeado bispo, inicialmente de Vercelli, e mais tarde, em 1205, Patriarca de Jerusalém. Em 1214, foi assassinado durante uma procissão.
Escreveu, com grandíssima sabedoria a "Regra Primitiva" do Carmelo. Como governou o patriarcado entre 1206 e 1214, e a Regra no seu texto não está datada, fazemos uma média aritmética, e a datamos como sendo sua redação em 1209.
Comparada a outras Regras vigentes no seu tempo, sobretudo a de São Basílio e a de São Bento, chama logo a atenção a sua brevidade, como Alberto conseguiu em tão poucas páginas traçar de modo tão perfeito e completo todo o ideal carmelitano.
Na regra está contida de forma embriônica, todos os elementos fundantes do sistema místico-doutrinal da santa madre Teresa de Jesus e do santo padre João da Cruz, e demais santos e grandes figuras do carmelo descalço que atualizaram na história a doutrina de Alberto, de Teresa de Jesus e de João da Cruz.
Santa madre Teresa ao iniciar a reforma do carmelo, buscou com grandíssimo afinco a "regra original" de santo Alberto, como ela chamava nos primeiros capítulos das Fundações de "regra não mitigada".
Algumas simples considerações sobre esta obra prima de Alberto, nossa Regra:
=> Os destinatários: "aos queridos filhos, B, e demais religiosos eremitas..." Dentro do contexto da reforma que o papa Francisco está realizando na Igreja, Alberto inicia a regra demonstrando a proximidade do pastor, ao chamar os eremitas de filhos e não acentuando o papel do superior da comunidade, a ponto de nem nomeá-lo, referindo-se a ele apenas com a letra "B", e recordando que são "religiosos".
=> Que a norma suprema seja "viver em obséquio de Jesus Cristo" . A partir daí situamos o radical cristocentrismo teresiano-sanjuanista. Para o carmelo descalço, em Jesus está tudo! Por Cristo, com Cristo e em Cristo.
=> A fraternidade, ao interno da comunidade, "um de vós por prior...eleito por unânime consentimento de todos" decisões concretas, como assinalar cela individual, o prior e a comunidade devem decidir juntos.
=> Acolher, este serviço essencial á evangelização, deve ser feito em primeiro lugar pelo prior, como a dar exemplo aos demais irmãos.
=> A Oração, elemento essencial ao carmelo, na regra de Alberto é fundamental: "meditar dia e noite na lei do Senhor e velar em oração". "Ser carmelita descalço, significa: Amar a Igreja, orar por ela e com ela anunciar a Boa Nova" ( João Paulo II)
=> Cada um deve sobreviver com o trabalho das próprias mãos. Carmelita não pode ser "vagabundo" rs !
=> O silêncio como culto, no carmelo o silêncio é :" solidão sonora, música calada, ceia que recreia e enamora" . Êxtase da presença de Deus!
=> Vida espiritual entendida na linha paulina como luta, revestido de armadura... luta esta, sobretudo contra nós mesmos, nossos egoísmos, apegos, paixões desordenadas, resistências à Vontade de Deus.
Toda a Regra está imbuída do ideal de Comunhão com Deus e fundamentada na Sagrada Escritura, é uma obra prima de síntese da Divina Revelação. Rompendo com o devocionismo medieval, pauta a espiritualidade na Palavra de Deus, praticamente cada linha. Daí entendemos melhor a super abundância de citações bíblicas das obras de Teresa e João da Cruz.
EM SÍNTESE, LEIA A REGRA DO CARMELO!

Santo Alberto, Rogai por todos nós!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Divina Eucaristia...

SANTA TERESINHA E A EUCARISTIA
 Santa Teresinha é apaixonada pela presença de Jesus no Sacramento da Eucaristia. É um amor de participação. O que mais desejava era poder comungar. Ela sabe que a única experiência de que não se pode duvidar é a presença de Jesus na Eucaristia.

Como amamos a Eucaristia?


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Vocação ao Carmelo...

A vocação carmelitana compromete-nos a “viver em obséquio de Jesus Cristo”, meditando dia e anoite a Lei do Senhor e velando em oração”. E nossa Santa Madre Teresa, na mesma linha da Regra, apresenta a vida de oração como centro para o qual convergem e manancial do qual brotam, todos os elementos que constituem o nosso Carisma.

Convento São José
Noviciado dos Frades Carmelitas Descalços
Província São José/Brasil


santo Nome.



segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Reze conosco...


ANGELUS

V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
R. E Ela concebeu do Espírito Santo.
Ave Maria…

V. Eis a Serva do Senhor.
R. Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra.
Ave Maria…

V. E o Verbo se fez carne.
R. E habitou no meio de nós.
Ave Maria…

V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos.
Infundi, Senhor, como Vos pedimos, a Vossa graça nas nossas almas, para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação de Cristo, Vosso Filho, pela sua Paixão e Morte na Cruz, sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém


quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Descalça-te

"DESCALÇO" a palavra em si é rica de significado e conteúdo, refere-se à simplicidade e despojamento de vida.

Ao retirar as sandálias dos pés queremos entrar na intimidade de Deus, pois somos continuamente atraídos ao seu Amor.


terça-feira, 3 de setembro de 2013

em Comunhão...

CARMELITAS EM HAIFA, ISRAEL,
UNIDAS EM ORAÇÃO COM O SANTO PADRE

As Carmelitas descalças na Terra Santa acolhem “com intensa participação” o apelo do Papa Francisco para uma oração especial pela paz na Síria. Contactada pela Agência Fides, a Superiora do Convento das Carmelitas descalças de Haifa em Israel, Ir. Angela, explicou que “escutamos o apelo do Papa, que nos tocou e nos deixou profundamente comovidas, sobretudo quando disse ‘do fundo do meu ser’. Acolhemos com, atenção e viva participação as fortes palavras do Papa Francisco”.

“A Síria está no nosso coração – prossegue a superiora das Carmelitas de Haifa – e continuaremos a rezar em modo incessante pela paz. Estaremos plenamente unidas ao Papa. Rezaremos segundo as indicações dos nossos Bispos da Terra Santa, simultaneamente com a Vigília de Oração no sábado, 7 de setembro, na Praça São Pedro. Rezemos e esperemos que o Senhor ilumine as mentes de quem toma decisões, de todos aqueles que tem em suas mãos o destino das populações. Ainda é possível parar a guerra e construir a paz na Síria”.
“Nós, irmãs de clausura, enquanto alma orante da Igreja, trazemos o mundo e todos os eventos da atualidade no nosso coração – disse Ir. Angela. A nossa missão é rezar para que tudo seja orientado em direção a Deus. Como dizia Santa Teresinha: ‘no coração da Igreja, minha mãe, serei o amor’".

"A guerra não está de acordo com Deus. Frequentemente nós aqui em Israel vivemos sob a tensão de uma guerra iminente. Jejuamos, rezamos e esperamos pela paz no Oriente Médio”, concluiu.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

A Palavra se fez carne.

OUÇAMOS O SENHOR... ABRAMOS O CORAÇÃO À SUA PALAVRA.



Deus nos concede a cada dia seus preciosos dons de paz, potencialidade para realizar nossos projetos, luz para discernimos a caminhada. Quantas vezes já paramos para pensar o que Ele quer de nós? Se mergulharmos nos profundo de nós mesmos perceberemos quanta coisa bonita somos capazes de fazer – pois somos portadores do Dom gratuito de Deus. Isto pode adquirir ainda mais valor se fazemos uma opção generosa e radical de servir sempre, a exemplo do Mestre que veio para servir e não para ser servido. Olhando para os que nos precederam na fé, percebemos como muitos deles se lançaram amorosamente, com fé, confiança e coragem na missão que lhes fora confiada. Muitos tiveram que assumir tal escolha ao extremo, suportando perseguições e até mesmo o martírio. Da mesma forma que tais testemunhos se apresentam de maneira marcante também se apresentam de maneira fulgurante a alegria de tais vidas como adesão radical pelo Evangelho de Jesus, pela vida em Deus. O enraizamento em Deus nos garante respostas concretas como um meio de corresponder ao Amor que nos chama e convoca insistentemente.
Quando alguém sente os apelos Divinos não consegue permanecer insensível, mas lança-se ao mar, adentrando sempre em águas mais e mais profundas de onde o Mestre grita que Evangelizar é preciso. 

Ouçamos o Senhor...

Reze conosco!!!

Recordando a visita salvadora que Deus fez à humanidade pelo ventre de Maria.


V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
R. E Ela concebeu do Espírito Santo.
Ave Maria…

V. Eis a Serva do Senhor.
R. Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra.
Ave Maria…

V. E o Verbo se fez carne.
R. E habitou no meio de nós.
Ave Maria…

V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos.

Infundi, Senhor, como Vos pedimos, a Vossa graça nas nossas almas, para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação de Cristo, Vosso Filho, pela sua Paixão e Morte na Cruz, sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém