segunda-feira, 15 de julho de 2013

Novena em honra à Flor do Carmelo (oitavo dia)

Hoje, nossa Novena em honra a Nossa Senhora do Carmo, Mãe e Irmã dos Carmelitas está em seu oitavo dia. Rezemos com fé, confiantes que Maria, nossa Mãe passa na frente, nos guia como estrela em noites escuras até Cristo, Bom Senhor. Através de sua amável intercessão o Bom Deus inclina seus ouvidos e coração. Para cada dia uma fórmula de oração e um texto meditativo.

"Quem procura a sua vida, há de perdê-la; e quem perde a sua vida por amor de mim, há de encontrá-la." (Mt 10, 39)


 Antífona para todos os dias:

Flor do Carmelo vinha florida, esplendor do céu,
Oh! Mãe, Virgem singular,
Doce Mãe sempre Virgem
Aos Carmelitas dai privilégio, Estrela do Mar.

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém

A fim de que durante toda esta Novena sejamos conduzimos pela graça do Espírito Santo de Deus; que sejamos guiados por Ele como o foi a Virgem Maria, cumprindo com simplicidade e alegria tua Santa Vontade.

Peçamos: Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e ascendei neles o fogo do Vosso amor; enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos:
Ó DEUS que instruístes os corações de Vossos fiéis com a Luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Isso Vos pedimos ó Pai em Nome de Jesus Cristo Vosso Filho, nosso Senhor, na unidade do Espírito Santo. Amém
---------------------------------------------------------------
Rezemos: Maria, Virgem, Mãe Imaculada Rainha do Carmelo, que sempre concedestes as maiores graças aos Carmelitas, enviai-nos muitas vocações sacerdotais, religiosas e para o Carmelo, para que o vosso Nome seja sempre mais glorificado, para a glória de vosso Filho Jesus Cristo. Pedir a graça particular que se deseje conseguir nesta novena.
Ave-Maria.
Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.
----------------------------------------------------------------------------------
Oração Final para todos os dias: Bendita e Imaculada Virgem Maria, beleza e glória do Carmelo, Vós que tratais com bondade inteiramente especial aqueles que se vestem do vosso amadíssimo Hábito, volvei sobre mim também um olhar propício e cobri-me com o manto da vossa maternal proteção. Pelo vosso poder fortificai a minha fraqueza; pela vossa sabedoria esclarecei as trevas do meu espírito, aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai a minha alma com as virtudes que me faça agradável ao vosso Divino Filho e a Vós. Assisti-me durante a vida, consolai-me na morte pela vossa amável presença à Santíssima Trindade, como vosso Filho dedicado para Vos louvar e bendizer eternamente no paraíso. Amém.
---------------------------------------------------------------
TEXTO MEDITATIVO:

“É NO SILÊNCIO DA ALMA QUE ELE SE FAZ OUVIR."

"O Pai Celeste disse uma única palavra: é o Seu Filho. Disse¬-a eternamente e num eterno silêncio. É no silêncio da alma que Ele se faz ouvir.
Falai pouco e não vos metais em assuntos sobre os quais não fostes interrogados.
Não vos queixeis de ninguém; não façais perguntas ou, se for absolutamente necessário, que seja com poucas palavras.
Procurai não contradizer ninguém e não vos permitais uma palavra que não seja pura.
Quando falardes, que seja de modo a não ofender ninguém e não digais senão coisas que possais dizer sem receio diante de toda a gente.
Tende sempre paz interior assim como uma atenção amorosa para com Deus e, quando for. necessário falar, seja com a mesma calma e a mesma paz.
Guardai para vós o que Deus vos diz e lembrai-vos desta palavra da Escritura: "O meu segredo é meu": (Is 24,16) ...
Para avançar na virtude, é importante calar-se e agir, porque falando as pessoas distraem-se, ao passo que, guardando o silêncio e trabalhando, as pessoas recolhem-se.
A partir do momento em que aprendemos com alguém o que é preciso para o avanço espiritual, não é preciso pedir-lhe que diga mais nem que continue a falar, mas pôr mãos as obras, com seriedade e em silêncio, com zelo e humildade, com caridade e desprezo de si mesmo.
Antes de todas as coisas, é necessário e conveniente servir a Deus no silêncio das tendências desordenadas, bem como da língua, a fim de só ouvir palavras de amor.”


(São João da Cruz)
Postar um comentário