quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

etapas de formação: NOVICIADO


Noviciado


Claustro e celas - Imagem central São José

Antecedentes históricos - O Eremitério S. José
O Convento São José, iniciado em 1978 como “Eremitério São José”, serviu em seus inícios para a vida contemplativa da Ordem. É fruto do esforço de Frei Venâncio Margheri (religioso carmelita descalço da Província Toscana – Itália), que em sua idas e vindas em busca de um local para fazer um eremitério no Brasil, acabou por se estabelecer em Piedade de Caratinga, na época distrito de Caratinga.
Assim, no dia 16 de agosto de 1978 chegaram os membros da primeira comunidade: Frei Venâncio da Cruz, Frei Carmelo Carboni e Frei Cristóvão de Santa Rosa. Moraram primeiro numa casa provisória localizada próxima à área destinada à construção do Eremitério.
O terreno, cerca de 5 alqueires, já pertencia aos frades da Província Toscana que tinham a intenção de criar ali uma escola agrícola.
Quando o Papa João Paulo II esteve no Brasil, em julho de 1980, Frei Venâncio lhe apresentou a pedra fundamental do novo eremitério, tendo então recebido a benção de Sua Santidade. E, no dia de Santa Teresa, 15 de outubro de 1980, foi feito o seu lançamento, dando-se início às obras do prédio. A construção inicial tinha cerca de 500m2, com 12 celas ao redor do claustro.
No dia 21 de setembro de 1981 frei Venâncio falece, meses antes da inauguração do Eremitério, quando as obras estavam quase no fim. A inauguração deu-se no dia 28 de agosto de 1982. A vida dos dois eremitas era feita de longas horas de oração, de silêncio na maior parte do dia, de trabalho duro na roça e no acabamento da construção do convento.
Em 1983 Frei Cristóvão, por motivos de saúde, foi transferido para São Roque (SP). Frei Carmelo permaneceu no local até 1987, vivendo ali sozinho, ano em que retornou para a Itália, depois de passar alguns meses em discernimento no convento de S. Roque.
De 1987 até 1996, permaneceram no Convento apenas o Sr. Artur e a Sra. Adolfina, vindos de Santo Antônio do Manhuaçu como caseiros. O Convento era utilizado para encontros e retiros.

Noviciado S. José
 No Capítulo da Semi-província São José dos Carmelitas Descalços de janeiro de 1996, decidiu-se transferir a sede do Noviciado de São Roque (SP) para Piedade de Caratinga.
No dia 6 de fevereiro chegou Frei João Bonten, superior e mestre dos noviços, com dois noviços (fr. Francisco Sales e fr. Carlos), suas bagagens, livros e outras coisas doadas pelo Convento de São Roque.
A primeira comunidade do Convento São José enquanto sede do noviciado era composta por Frei João Bonten, superior e mestre dos noviços, Frei Geraldo Mariano Júnior e Frei. Zenildo (que chegaria somente no dia 16). E os noviços eram: Carlos, Ramón, Geraldo, Antônio Júnior, Alicio, Joacil e Francisco Sales.
A inauguração se deu no dia 26 de fevereiro de 1996. Neste ano era Provincial Frei Rubens Sevilha.
Após o capítulo de 1999, sendo eleito provincial Frei Deneval Januário de Souza, Frei Alzinir Francisco Debastiani assume o governo da casa e a função de mestre de noviços, serviço que exercerá por 9 anos.

Claustro



Objetivos
O noviciado é o período da formação de um religioso que precede a emissão de seus votos. É a experiência de iniciação na vida de uma ordem ou congregação, na qual os noviços chegam a conhecer melhor a vocação própria da Ordem, a experimentar seu modo de vida, a formar a mente e o coração com seu espírito e a comprovar sua intenção.
Geralmente o noviciado se faz numa casa ou lugar específico também chamado Noviciado.
Os objetivos do noviciado são:
  • Conhecimento mais claro e profundo, por parte do noviço, do que é a vocação à vida consagrada com as peculiaridades próprias da Ordem. O que consegue por meio dos ensinamentos que recebe.
  • Vivência concreta e direta de nosso modo de vida, que é a mesma vida consagrada com matizes que provêm do carisma próprio.
  • Comprovação por parte dos responsáveis da Ordem, das intenções e aptidões do noviço, ou seja, sua retidão de intenção e idoneidade para nosso estilo de vida consagrada.
Localização
A casa onde funciona o noviciado por Frades Carmelitas Descalços da Província São José está localizada no município de Piedade de Caratinga, estado de Minas Gerais, muito próxima da cidade de Caratinga. Piedade ajuda a compor a Paróquia de Nossa Senhora do Carmo, sob os cuidados dos Frades Carmelitas Descalços, na diocese de Caratinga.
Trata-se de um local amplo, com Mata Atlântica conservada, espaço para algumas culturas agrícolas e para pecuária doméstica. Um lugar adequado para uma etapa de formação como o noviciado.

A vida no noviciado
Sendo o noviciado a etapa central da formação inicial da Ordem, procura-se propiciar ao noviço experimentar os aspectos fundamentais de nossa vocação: vida de oração, vida fraterna, apostolado e trabalho. O dia no noviciado é orientado para o cumprimento desses objetivos.
Desde manhã a comunidade se reúne para celebrar o Ofício Divino e a Eucaristia. Em seguida nos reunimos para a primeira refeição em comum. Após, cada qual se ocupa com algum trabalho. Há para os noviços tempo de formação e estudos. Ao meio do dia nos reunimos para a oração, para refeição e recreio. Seguem-se outros trabalhos e estudos. Ao cair da tarde oração litúrgica e oração mental. Refeição em comum, recreio e oração da noite. Os dias são marcados por certa regularidade e silêncio, excetuando-se os tempos dedicados à pastoral e a outras recreações.


Convento São José
CEP.: 35325-000
Piedade de Caratinga/MG
Tel.: (33) 3323-8047

Postar um comentário