quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Assunção da Virgem

“Ó amor de Maria, ó incêndio de amor da Virgem, sois ardentíssimo, vastíssimo... Não vos pode conter um corpo mortal... Excessivamente vivo é vosso ardor e não se pode ocultar sobre esta pobre cinza! Ide... brilhai na eternidade, ide, ardei, inflamai-vos diante do trono de Deus, o único capaz de vos conter”.


Postar um comentário