sexta-feira, 25 de maio de 2012

No Carmelo...

Aconteceu nos dias 18 a 21 de maio o Encontro Vocacional no 
Convento  Nossa Senhora do Carmo em Caratinga/MG.

Senhor, nosso Deus, nós vos pedimos:
enviai operários para a vossa messe;
dai-nos e vosso Espírito e
suscitai vocações para a Igreja
 e a Ordem do Carmelo.
Fazei que toda a nossa vida
 seja um hino de louvor
 e glória ao vosso nome.
Amém.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Celebrando nossa Província


HOJE É O DIA DA PROVÍNCIA
São José do Sudeste do Brasil


Olhai com amor, Senhor Pai Santo, à nossa família religiosa nesta região do Brasil: fazei que em plena comunhão de corações e de intentos, saibamos realizar fecunda presença e autêntico testemunho do nosso ideal carmelitano; concedei-nos responder generosamente, sempre fiéis ao nosso carisma, às peculiares necessidades da Igreja em nosso país, inserindo-nos na sua realidade. Nós vo-lo pedimos pela proteção e intercessão de 
São José a quem estamos particularmente confiados.

Amém.








quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sobre a Vida Contemplativa


Testemunho
19 de Agosto de 1894

«Fico muito satisfeita, minha querida irmãzinha, por tu não sentires atração sensível ao vires para o Carmelo, é uma delicadeza de Jesus que quer receber de ti um presente. Ele sabe que é muito mais doce dar do que receber. Temos só o breve instante da vida para dar a Deus… e Ele prepara-se para dizer: «Agora é a minha vez…» Que felicidade sofrer por aquele que nos ama até à loucura e passar por loucas aos olhos do mundo. Julgam-se os outros por si mesmo, e como o mundo é insensato pensa naturalmente que as insensatas somos nós!... Mas no fim de contas, não somos as primeiras, o único crime que foi censurado a Jesus por Herodes foi o de ser louco e eu penso como ele!... sim era loucura procurar os pobres dos coraçõezitos dos mortais para deles fazer seus tronos, Ele o Rei de Glória que está sentado sobre os querubins…Ele a quem nem os céus podem conter…Estava louco o nosso Bem-amado, os seus íntimos, os seus semelhantes, Ele que era perfeitamente feliz com as duas pessoas adoráveis da Trindade!... Nunca poderemos fazer por Ele as loucuras que fez por nós, e as nossas ações não merecem este nome, porque são apenas atos muito razoáveis e muito abaixo daquilo que o nosso amor queria realizar. Portanto, o mundo é que é insensato visto que ignora o que Jesus fez para o salvar, é o açambarcador que seduz as almas e as conduz a fontes sem água… Nós também não somos nem preguiçosas nem pródigas. Jesus defendeu-nos na pessoa de Madalena. Estava à mesa, Marta servia, Lázaro comia com Ele e com os discípulos. Quanto a Maria, não pensava em tomar alimento mas em dar prazer Àquele que amava, por isso pegou num vaso de perfume de elevado preço e derramou-o sobre a cabeça de Jesus quebrando o vaso, então a casa toda ficou cheia do odor do perfume mas os Apóstolos murmuravam contra Madalena…Foi mesmo como para nós, os cristãos mais fervorosos, os sacerdotes acham que somos exageradas, que devíamos servir como Marta em vez de consagrar a Jesus os vasos das nossas vidas com os perfumes que neles estão encerrados…E todavia, que importa que os nossos vasos sejam quebrados se Jesus é consolado e se o mundo, mesmo sem querer, se vê obrigado a cheirar os perfumes que deles se exalam e que servem para purificar o ar envenenado que constantemente respira.»

Santa Teresa do Menino Jesus

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Teresinha e seu amor à Santíssima Virgem


Porque te amo, ó Maria!
Maio de 1897

O poema, porque te amo, ó Maria é uma composição espontânea de Teresinha, embora fora pedida também por sua irmã Maria do Sagrado Coração.
Teresa disse a Celina ter algo a fazer antes de morrer: exprimir num canto à Santa Virgem tudo o que pensa dela. Nesse mês de maio ela começa a pressentir a provável difusão de seus escritos e a considerar seu pensamento sobre Maria uma tarefa de singular importância. Para falar de Maria, ela se volta para o Evangelho, sua única fonte de inspiração: “O Evangelho me ensina... e meu coração me revela”.
Teresinha assina essas linhas com mão trêmula e letra falha: humilde e emocionante ponto final de toda sua obra poética.



(fragmentos)

Oh! Quisera cantar, Maria, por que te amo
Porque é que o teu nome tão doce me faz vibrar o coração
E porque é que o pensamento da tua grandeza suprema
Não poderia inspirar à minha alma o sentimento do temor.
Se eu te contemplasse na tua sublime glória
E mais brilhante do que todos os bem-aventurados,
Não poderia acreditar que sou tua filha
Ò Maria, diante de ti, eu baixaria os olhos!…

Quando um anjo do Céu te oferece seres a Mãe
Do Deus que há-de reinar por toda a eternidade
Vejo-te preferir, Ó Maria, que mistério!
O inefável tesouro da virgindade.
Compreendo que a tua alma, ò Virgem Imaculada
Seja mais querida ao senhor do que a divina morada
Compreendo que a tua alma, Humilde e Manso Vale
Possa conter Jesus, o Oceano do Amor!…

Ó rainha dos mártires, até ao fim da vida
Esta espada dolorosa trespassará o teu coração
Tens já de deixar o solo da tua pátria
Para evitares de um rei o furor invejoso.
Jesus dormita em paz sob as pregas do teu véu
José vem pedir-te para partires depressa
E a tua obediência logo se revela
Partes sem demora e sem objeção.

Sei que em Nazaré, Mãe cheia de graça
Viveste pobremente, não querendo nada mais
Nem arroubamentos, nem milagres, nem êxtases
Embelezam a tua vida, Ó Rainha dos Eleitos!…
O número dos pequenos é bem grande na terra
Eles podem sem receio erguer os olhos para ti
É pela via comum, incomparável Mãe
Que te apraz caminhar guiando-os para o Céu.

Maria, apareces-me no cimo do Calvário
De pé junto da Cruz, como um padre no altar
Oferecendo para desagravar a justiça do Pai
O teu Bem-amado Jesus, o doce Emanuel!…
Um profeta o disse, ó Mãe sofredora,
“Não há dor semelhante à tua dor!”
Ó Rainha dos Mártires, permanecendo exilada
Dás por nós o sangue todo do teu coração!

Em breve eu ouvirei esta doce harmonia
Em breve no Céu formoso eu irei ver-Te
Tu que vieste sorrir-me na manhã da minha vida
Vem sorrir-me de novo… Mãe… chegou a tarde!…
Já não temo o esplendor da tua glória suprema
Contigo eu sofri e desejo agora
Cantar nos teus joelhos, Maria, por que te amo
E repetir para sempre que sou tua filha!…

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Encontro Vocacional em Caratinga



Dias 18 a 20 de maio.

Maiores informações:
Convento Nossa Senhora do Carmo
Frei Jorge Jacinto,ocd
(33) 3321-2766