quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Mais de setenta mil jovens no Santuário de Santa Teresa dos Andes











CARDEAL ERRÁZURIZ PEDE QUE SE SEMEIE A ALEGRIA NOS CRISTÃOS INDIFERENTES



SANTIAGO, segunda-feira, 19 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- O cardeal Francico Javier Errázuriz, arcebispo de Santiago, pediu aos mais de setenta mil jovens que peregrinaram neste sábado ao Santuário de Auco ser luz de Cristo para o mundo.
“Vocês sabem quanta gente realmente não vive com plenitude o fato de ser cristão, em quantos deles não há alegria e em quantos deles se percebe indiferença e tristeza”, disse-lhes durante a Eucaristia celebrada na explanada do Santuário.
“Queremos ser luz do mundo por nosso espírito de serviço, também porque queremos semear esperança e alegria – acrescentou. Nossa missão, então, é que também eles sejam luz do mundo e por isso nosso trabalho é conduzi-los a Jesus”.
A Missa foi o momento culminante da tradicional peregrinação anual de jovens procedentes de todo Chile ao Santuário de Santa Teresa dos Andes.
Os peregrinos caminharam 27 quilômetros na referência do testemunho de Santa Teresa de Los Andes, e sob o lema “Luz de Cristo para o mundo”, inspirado na mensagem do Papa para a Jornada Mundial das Missões deste ano.
Durante o caminho, os peregrinos se encontraram com doze estações que lhes motivaram com sinais, cantos e lemas que lhes convidavam a celebrar e renovar sua fé em Jesus.
Também, quatro jovens copiaram o Evangelho do Chile, transcrevendo os versículos da Carta aos Hebreus.
Sobre este ato simbólico, o cardeal assinalou depois na homilia da Missa que “o grande presente” que a Igreja quer dar ao país em tempos de bicentenário “é que sejamos Evangelho vivo”.
“Que essa palavra que os jovens escreveram sobre essa folha for palavra escrita em nossa vida, em nosso coração e em nossas ações”, pediu.
“Queremos ser luz do mundo precisamente fazendo que o Evangelho viva em nossa pátria e que novamente a cultura inteira seja um espaço de amor, de esperança, de justiça, de paz e de verdade”, afirmou.
A história da peregrinação “De Chacabuco ao Carmelo! Um caminho de santidade” remonta a 1989, em que se efetuou o primeiro percurso.
A celebração, que a cada 17 de outubro convoca dezenas de milhares de jovens, está organizada pela Igreja de Santiago através do Vicariato da Esperança Jovem, em conjunto com o Santuário de Santa Teresa dos Andes.

fonte: zenit.com
Postar um comentário