sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O CARMELO DE ELISABETH - Por Frei Odinei


Nos dois primeirros dias do do encontro dos frades estudantes carmelitas no Brasil, realizado na cidade de Londrina, estivemos em contato com a vida e a obra da beata Elisabeth da Trindade sob a orientação do Frei José Claúdio.
Primeiramente exploramos um pouco de sua vida, do nascimento até a sua morte. Neste estudo encontramos caracteristicas de sua personalidade, que revelou uma infância marcada por um comportamento um tanto quanto colérico, como afirmou sua irmã Margarida no processo de canonização,porém revelou também que o encontro que ele fez com Jesus foi uma verdadeira cura. Nesta experiência pode entregar-se a ele consagrando-se a Deus com todo o seu amor. Determinou a ser uma carmelita que chegaria ao fim dona de uma paciência e tranquilidade dificilmente encontrada nas pessoas.
No carmelo de Elisabeth, encontramos uma santidade, que nela se fez evidente desde cedo, no seu sofrimento quando doente e na entrega ao Deus Trino de todo o coração.
De sua família resta somente um dos filhos da sua irmã. De sua espiritualidade podemos perceber que existe uma profundidade, sempre presente sobretudo na graça de possuir uma ciência divina certamente inspirada pelo Espírito Santo.
Conhecendo um pouco mais suas obras, o Frei José Claúdio nos proporcionou perceber a necessidade de um aprofundamento que é necessário, para todo o carmelita, de sua espiritualidade. Cada um de nós nestes dois dias de estudo recebeu uma riqueza extraordinária de sua doutrina, reconhecendo o seu valor para o Carmelo e para toda a Igreja.

" É necessário criar um espaço para Deus em sua vida"

Frei Odinei,OCD
3º de Filosofia
Província Nossa Senhora do Carmo - Região Sul
Postar um comentário